SINDSEMS divulga reajuste dos servidores municipais da guarda civil municipal, agentes de trânsito, auditores fiscais, engenheiros, técnicos, agentes administrativos etc…

A Diretoria do SINDSEMS se reuniu nessa segunda-feira, dia 13 de junho, com o Prefeito Veveu Arruda para fechar a nova proposta de reajuste dos servidores municipais que não tinham recebido o reajuste em 2016.

A nova proposta apresentada do SINDSEMS para discutir foi 13% (treze por cento) para todos os servidores municipais efetivos e comissionados e 15% (quinze por cento) para os auditores fiscais de tributos, justificando que há mais de dois anos estes servidores não recebem reajuste e hoje conta apenas com 10 (dez) auditores no quadro do município.

O presidente do SINDSEMS, Gilvan Azevedo esclareceu segundo dados apurados do TCM (Tribunal de Contas dos Municípios) que o município está comprometido apenas com quase 44,5% (quarenta e quatro e meio por cento) da folha de pagamento com servidores e que poderia chegar até 54% (cinquenta e quatro por cento) atendendo a LRF (Lei de Responsabilidade Fiscal) e destacou que nessas condições o município podia de dar um reajuste diferenciado para essas categorias, pois já tinha atendido ao reajuste dos professores, agentes de endemias, agentes de saúde e servidores que recebem até um salário mínimo.

O Prefeito Veveu Arruda falou do compromisso que município tem para atender o pagamento dos servidores, principalmente a folha de pagamento que vem mantendo em dia, que o município arrecadou apenas nos primeiros 4 (quatro) meses do ano, cerca de 2,5% (dois e meio por cento) positivo de impostos como (FPM, ICMS etc.) em relação ao ano passado e que não tem previsão de melhoras para futuro, então não daria para atender a nova proposta, o que poderia ser atendido era a inflação até de 10,67% (dez pontos sessenta e sete por cento) por causa do impedimento da Lei Eleitoral para algumas categorias.

Então foi feito uma nova discussão do reajuste por categoria, ficando o reajuste para os servidores que ainda não tinham recebido o reajuste e que ganham acima do salário mínimo em 5,5% (cinco e meio por cento) incluindo os comissionados. Para os servidores da guarda civil municipal, os agentes de trânsito e auditores fiscais de tributos em 10,67% (dez pontos sessenta e sete por cento) com retroativo a 1º de janeiro (Lei Nº 1130 de 17 de fevereiro de 2012), com garantia de envio da mensagem para a Câmara Municipal no dia seguinte (terça-feira), 14 de junho, em Regime de Urgência.

ASCOM-SINDSEMS.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *