Sindsems comemora o aumento de 11,36% de reajuste salarial dos Servidores Públicos para os professores e secretários escolar do município de Sobral

O Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Sobral – Sindsems, desde novembro de 2015 reunia-se com o chefe do Poder Executivo, Clodoveu Arruda e seus secretários para discutir a pauta de negociações, que tratava-se do reajuste salarial do magistério e de outras categorias.

No mês de abril o projeto passou a tramitar na Câmara Municipal de Sobral e só então, no dia 3 de maio de 2016, foi aprovado por unanimidade o projeto de Lei nº 1981/2016  que teve como principal objetivo, alterar a remuneração dos profissionais em educação. Os valores retroagirão a 1º de Janeiro de 2016 sendo assim os profissionais em educação receberão seus reajustes acumulados a esta data. O salário base passa de R$ 1.917,78 para R$ 2.135,64.

A correção do piso salarial do Magistério de Educação Básica é obrigatória segunda a Lei Federal nº 11.738, de 16/06/2008, aplicados para estados e municípios. A variação ocorrida corresponde ao valor mínimo anual por aluno definido nacionalmente pelo Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb).

O Sindsems lutou para que os profissionais da educação de Sobral, que são modelo na qualidade de ensino e que por isso, fossem contemplados com os melhores salários do País. Esta é uma bandeira que o Sindicato sempre defenderá nas suas propostas com o executivo.

O Sindsems divulga a tabela que  mostra os valores salariais dos profissionais efetivos do magistério. VEJA TABELA EM ANEXO:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *