Conferência discute Saúde do Trabalhador

A Conferência tem como principal objetivo propor diretrizes para a implantação de uma política nacional de saúde do trabalhador.

 

 Por Ocleciano Marçal

 

O Conselho Estadual de Saúde do Ceará (CESAU) realiza a 4ª Conferência Estadual de Saúde do Trabalhador e da Trabalhadora (4ª CESTT), que tem como objetivo propor diretrizes para a implantação de uma política nacional de saúde do trabalhador.

 

Com o tema central “Saúde do Trabalhador e da Trabalhadora, Direito de Todos e Todas e Dever do Estado”, o evento teve início na tarde desta segunda-feira (09) na capital Fortaleza, reuniu cerca de 400 delegados que permanecerão reunidos até o próximo dia (11) de junho para deliberar propostas para a Conferência nacional e escolher delegados para a etapa nacional.

 

Segundo o presidente do Sindsems, Célio Brito, que fez uso da tribuna livre da conferência, “Nesse momento democrático e participativo das conferências não podemos deixar ser apenas mais um evento. Nossas entidades classistas terão que assumir essa pauta na mobilização antes e depois das conferências, para avançar ainda mais na construção efetiva da politica de atenção a saúde do trabalhador e trabalhadora”. Defendeu o presidente.

 

Entre a representação de Sobral, na conferência os sindicalistas do Sindsems, Célio Brito (Presidente), Erivelton Teixeira (Sec. Geral) e Mário Sérgio (Jurídico), que também é membro da Comissão Inter setorial de Saúde do Trabalhador (CIST) do Conselho Municipal de Saúde de Sobral.

 

O envolvimento das organizações populares nos processos de conferências consolida a participação popular da sociedade civil nas discussões sobre o SUS.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *